Fechar
Página inicial Últimas Notícias Prefeito Faustino e INCRA assinam ordem de serviço para implantação de adutora na zona rural

Prefeito Faustino e INCRA assinam ordem de serviço para implantação de adutora na zona rural

Publicado em 26/04/22 11:39 , Atualizado em 27/04/22 12:57 | Acessos: 48
O prefeito Francisco Faustino e o superintendente do Instituto Nacional de Colonização da Reforma Agrária-INCRA, Marcelo Gurgel, assinaram, na tarde da terça-feira (26 de abril), a ordem de serviço para implantação da adutora de água que beneficiará famílias dos assentamentos rurais: Brilho do Sol I e II e Rio Doce e a construção de estradas vicinais para dar trafegabilidade entre as comunidades da zona rural.
 
 
O ato ocorreu na sede da Associação da Agrovila Carajás, com as presenças do chefe de divisão operacional do INCRA
Regan Targino; dos vereadores Ailton de Nego Véi, Alciene Rodrigues, Jailson Fernandes, Clebson Moura, Joãozinho Brito, Juscelino Gregório e Marlos Victor; os secretários municipais: Adriana Kellys (Administração), Moacir Oliveira (Agricultura), Flávio Felipe (Planejamento), Cristiane Barbosa (Assistência Social), Josivan Lopes (Esporte) e Meyrelle Souza (Educação). Participaram da solenidade os presidentes de associações dos P.A’s e Agrovilas e assessores da gestão municipal, além da população local.
 
Serão implantados 28 km de rede adutora e 48 km de estradas vicinais, em um investimento de R$ 3 milhões na comunidade rural portomanguense.
A implantação dessa rede de abastecimento diminuirá as perdas reais e comerciais, visto que a região sempre tem um potencial gigantesco para agricultura, agora, mais de 700 famílias serão beneficiadas com esse investimento que dá dignidade e fortalece a agricultura familiar no município de Porto do Mangue.
 
O prefeito Faustino destacou ainda que sua gestão tem em andamento o Programa de Recuperação Infraestrutural da Cidade (PROINC), com o objetivo recuperar, construir e melhorar a infraestrutura do município de Porto do Mangue, todos os equipamentos públicos que tenham relevância social e uso público receberão investimento do programa.